Arquivo da categoria: Outros

9 vinhos do Grand Solde com o melhor custo-benefício

Olhar para uma prateleira de vinhos em promoção não é fácil, certo? Principalmente se a seleção com descontos inclui vinhos das mais variadas faixas de preço, regiões e uvas. Para ajudá-lo a planejar suas compras e encontrar as melhores oportunidades do Grand Solde para a sua adega, pedimos para a nossa equipe de sommeliers organizar uma lista com os nove vinhos com o melhor custo-benefício da nossa temporada anual de descontos!

Continuar lendo

Mesa de Natal: dicas e inspirações para montar e decorar a sua

Vai ser o anfitrião da ceia de Natal este ano? Organizar a mesa de jantar para recepcionar todos os convidados com conforto e elegância pode ser um desafio. Mas não com as nossas dicas!

Continuar lendo

Passo a passo: como escolher o vinho perfeito para presentear alguém

Escolher uma garrafa de vinho para presentear alguém não é tarefa fácil. Se a pessoa entende muito de vinho, o medo de errar e escolher um vinho inferior ao gosto do presenteado é grande. Já se não conhecemos muito a pessoa ou se ela não é uma grande conhecedora de vinhos, o receio é escolher um rótulo complexo demais, difícil de beber e agradar.

Para ajudá-lo nessa tarefa, preparamos um guia com os principais perfis de presentados e dicas certeiras de como escolher um rótulo para impressionar cada um deles. E o melhor: todos os vinhos indicados estão na faixa de preço entre R$ 55 e R$ 143!

Como escolher a garrafa de vinho perfeita para presentear alguém

Seu presenteado é um especialista em vinhos?

Seu presenteado é aquele que sempre lê publicações sobre o assunto, tem uma boa quantidade de livros sobre uvas e regiões vinícolas, adora fazer enoturismo nas férias e é dono de uma imponente adega? Confira nossas dicas:

Dica 1: vinhos clássicos de regiões vinícolas tradicionais do mundo

O Marquis de Bordeaux é um vinho de Bordeaux elegante e refinado, embora com um preço bastante acessível se comprado aos vinhos da região.

 Vinho Tinto Marquis de Bordeaux Rouge 2012 750 mL

Vinho Tinto Marquis de Bordeaux Rouge 2012 750 mL

Dica 2: vinhos de vinícolas modernas e inovadoras que estão dando o que falar no mundo dos especialistas

A vinícola chilena Leyda é uma colecionadora de premiações: ganhou dois troféus na Decanter World Wine Awards 2012, pontuada pelo Guia Descorchados 2011, e ganhadora de várias medalhas no Decanter World Wine Awards 2012.

Vinho Branco Leyda Chardonnay Reserva 2015 750 mL

Vinho Branco Leyda Chardonnay Reserva 2015 750 mL

Dica 3: vinhos feitos por grandes enólogos

O Vinho Tinto Mas Martinet Menut Priorat é resultado do pensamento fora da caixa de Sara Perez, enóloga responsável pela vinícola Mas Martinet, localizada na região do Priorato, uma das mais badaladas da Espanha, e de onde saem os vinhos de guarda mais caros do país.

Vinho Tinto Mas Martinet Menut Priorat 2014 750 mL

Vinho Tinto Mas Martinet Menut Priorat 2014 750 mL

Seu presenteado é apaixonado por vinho?

O especialista é aquele acompanha rankings de pontuações de vinhos, tem renomados cursos de sommelier no currículo e adora frequentar eventos de degustação.

É o caso do seu presentado? Não se desespere!

Dica 1: rótulos pontuados pelos principais guias de pontuação de vinhos

É muito difícil achar um vinho francês pontuado por menos de 100 reais como o Vinho Tinto Domaine Galaman Rouge 2013.

Vinho Tinto Domaine Galaman Rouge 2013 750 mL

Vinho Tinto Domaine Galaman Rouge 2013 750 mL

Dica 2: vinhos de regiões vinícolas pouco conhecidas

Hubert de Boüard, do prestigiado Château Angélus, é o enólogo consultor responsável por selecionar os melhores terroirs de todo o Líbano para cultivar as uvas deste rótulo. Al-IXSIR, do árabe, significa Elixir ou “a forma mais pura de todas as substâncias, uma espécie de poção secreta que conceda juventude eterna e amor”.

O Vinho Branco Ixsir Altitudes White 2014 é um presente para impressionar!

Vinho Branco Ixsir Altitudes White 2014 750 mL

Vinho Branco Ixsir Altitudes White 2014 750 mL

Dica 3: vinhos orgânicos

O Vinho Tinto Tarima Orgânico 2012 é um orgânico espanhol feito de 100% Monastrell que ganhou 90 pontos pelo Guia Robert Parker. Uma excelente opção para acompanhar carnes vermelhas assadas ou grelhadas com legumes.

Vinho Tinto Tarima Orgânico 2012 750 mL

Vinho Tinto Tarima Orgânico 2012 750 mL

Seu presentado está aprendendo sobre vinhos e quer saber cada vez mais?

O presentado aprendiz é aquele que está dando os seus primeiros passos no mundo do vinho. Está estudando sobre os principais países produtores, experimentando novas uvas e descobrindo seu gosto pessoal.

Dica 1: um fantástico vinho do Porto

Embora os vinhos do Porto sejam mais complexos e de longa guarda, o Vinho do Porto Tinto Churchill’s Ruby Reserva é perfeito para iniciantes, já que é frutado e fácil de beber!

 Vinho do Porto Tinto Churchill's Ruby Reserva 750 mL

Vinho do Porto Tinto Churchill’s Ruby Reserva 750 mL

Dica 2: vinhos com custo-benefício de regiões renomadas

Os chamados vinhos de entrada são os vinhos produzidos por regiões e vinícolas renomadas, mas, na ordem de complexidade dos seus rótulos, são os mais fáceis de degustar. O Vinho Tinto Meio Queijo é a rótulo de entrada da Churchill Graham, uma das mais importantes da região portuguesa do Douro, conhecida por seus vinhos do Porto.

Conheça as principais regiões vinícolas de Portugal nessa matéria.

Vinho Tinto Churchill's Meio Queijo Douro Tinto 2012 750 mL

Vinho Tinto Churchill’s Meio Queijo Douro Tinto 2012 750 mL

Dica 3: vinhos gastronômicos

Vinhos gastronômicos são aqueles que harmonizam bem com uma variedade muito grande de pratos. Do churrasco na casa dos amigos até uma tradicional pizza italiana, passando por uma sofisticada noite de queijos e vinhos. Aprenda a organizar uma aqui!

Nossa indicação é o italiano Vinho Tinto La Velona Sant’Antimo DOC 2014.

Vinho Tinto La Velona Sant'Antimo DOC 2014 750 mL

Vinho Tinto La Velona Sant’Antimo DOC 2014 750 mL

Seu presentado não entende muito de vinho, mas sempre tem uma garrafa por perto?

Ele identifica seu gosto por vinhos como suave ou seco, ou diz que gosta de vinhos tintos, mas só conhece uma ou duas variedades de uvas? Para esse perfil o desafio é evitar escolher um vinho muito complexo, que exija mais de sua experiência e acabe atrapalhando o momento de degustação.

Dica 1: vinhos fáceis de agradar

São considerados vinhos fáceis de agradar os rótulos que podem ser degustados sozinhos, sem petiscos ou pratos, já que não nem muito ácidos e nem muito tânicos.

Nessa categoria, indicamos o Vinho Tinto San Marzano Il Pumo Primitivo Salento IGP 2014.

Vinho Tinto San Marzano Il Pumo Primitivo Salento IGP 2014 750 mL

Vinho Tinto San Marzano Il Pumo Primitivo Salento IGP 2014 750 mL

Dica 2: vinhos do país de origem da família do presentado

Quem não gostaria de ganhar de presente um vinho vindo diretamente do país de seus pais ou seus avós? Como muitos brasileiros, não deixe de honrar a origem do seu presentado, com excelente opções de vinhos alemães, portugueses, italianos e espanhóis.

Para as famílias de origem portuguesa, nossa escolha é este vinho branco que harmoniza perfeitamente bem com um prato de bacalhau!

Vinho Branco Churchill's Estate Douro Branco 2014 750 mL

Vinho Branco Churchill’s Estate Douro Branco 2014 750 mL

Seu presentado adora receber pessoas em casa e organizar eventos?

Para presentar alguém que adora receber convidados em casa, seja para festas quanto para jantares, e importante escolher vinhos fáceis de harmonizar e que combinam com qualquer ocasião, os chamados vinhos curinga!

Dica 1: espumantes

Todo mundo precisa ter pelo menos uma garrafa de espumante guardada em casa. Perfeitos para comemorar conquistas importantes, celebrar datas especiais e até mesmo para receber os convidados em uma festa, os espumantes são o tipo de vinho versátil mais adorado pelos anfitriões!

Espumante Henri Leblanc 750 mL

Espumante Henri Leblanc 750 mL

Dica 2: vinhos curinga

Imagine uma uva que combina bem com carnes vermelhas, carnes de caça, frutos do mar e até mesmo queijos e cogumelos! Pois presentamos para você a Riesling, casta austríaca que produz vinhos brancos frescos e suculentos, como o Vistamar Sepia Riesling. Todo anfitrião precisa ter umas garrafas desta uva em casa, prontos para serem servidos em qualquer refeição!

 Vinho Branco Vistamar Sepia Riesling Reserva 2014 750 mL Vinho Branco Vistamar Sepia Riesling Reserva 2014 750 mL

Vinho Branco Vistamar Sepia Riesling Reserva 2014 750 mL

Dica final: um vinho perfeito para agradar todos os perfis de presenteados!

Leve, delicado, equilibrado, refinado e muito bem feito. Estas são as características do Vinho Rose Berne Esprit di Mediterranée, o vinho que indicamos aqui como capaz de agradar todos os perfis de presentados.

Embora não venha de uma região tradicional, a região francesa de Mediterrané produz rótulos de qualidade fantástica, que lembram bem o estilo dos vinhos da Provença, cujos vinhos são muito mais caros.

Além de muito saboroso, vem em uma garrafa linda, e parece bem mais caro do que realmente é.

Vinho Rose Berne Esprit di Mediterranée IGP 2015 750 mL

Vinho Rose Berne Esprit di Mediterranée IGP 2015 750 mL

Boas festas!

taça-vinho-tinto

7 apps de vinho que você precisa ter no celular

Quem é apaixonado por vinhos tem a sorte de hoje poder contar com o melhor que a tecnologia tem para oferecer. A cada ano, surgem inúmeros aplicativos com as mais diversas funções – de avaliação e classificação de rótulos a plataformas para guardar as suas notas pessoais de degustação-, que auxiliam você na hora de escolher um rótulo no supermercado ou de lembrar quais foram os vinhos que mais gostou de provar.

Conheça os sete aplicativos prediletos da Grand Cru e leve o mundo do vinho na palma da sua mão!

7 apps de vinho que você precisa conhecer

1. Vivino

Com quase 20 milhões de usuários ativos, este aplicativo é capaz de escanear o rótulos do vinho com a câmera do seu celular. Assim que o rótulo é fotografado e assimilado pelo app, você pode visualizar informações sobre a composição do vinho, de sua origem, com o que harmoniza e o que outros usuários disseram sobre ele. Também é possível fazer notas de degustação e compartilhar com a comunidade criada pelo Vivino, além de cadastrar um novo produto, caso ele não faça parte do banco de dados do app, que já conta com mais de 500 mil rótulos.

 O Vivino é gratuito, e está disponível em inglês para Android e IOs. Para baixar o app, clique aqui.

2 .Taxa de Rolha

Muitas vezes queremos comer um prato daquele nosso restaurante favorito e harmoniza-lo com um vinho que não está na carta do estabelecimeto. Para resolver esse problema, foi criado o aplicativo Taxa de Rolha, que permite que você fique sabendo de antemão se o restaurante cobra taxa de rolha ou não e qual é o valor praticado. A Taxa de Rolha é um valor adicional que é cobrado por alguns restaurantes e bares para taxar a garrafa que é trazida de fora.

O aplicativo é brasileiro e está disponível em português. Disponível na App Store e Play Store gratuitamente. Clique aqui para visitar o site do Taxa de Rolha.

3. Wine Notes

Disponível apenas na App Store e em inglês, o aplicativo permite que você crie notas de degustação muito completas, classificando desde o nível de acidez do vinho até os aromas e sabores percebidos. Além disso, a Wine Notes incentiva o compartilhamento das notas com os seus amigos do Facebook e seguidores no Twitter. O app é gratuito e compatível com iPad, iPhone e iPod Touch. Quer saber mais sobre ele? Clique aqui para entrar no site do Wine Notes.

4. Vini Fera

Criado pela sommelier brasileira Alexandra Corvo, o Vini Fera tem como objetivo ajudar o consumidor no momento em que se encontra na frente da prateleira de vinhos e sem saber o que escolher. No aplicativo, é possível visualizar informações sobre preços, harmonização, uvas e regiões. Ele é gratuito e está disponível para IOs e Android.

Confira aqui o link para a página do app na Play Store, com comentários, fotos e mais informações.

5. When Wine Tastes Best

Este aplicativo é um calendário biodinâmico que indica os melhores dias e horários para abrir um vinho, baseando-se nos preceitos da antroposofia, como as fases da lua. Enquanto alguns dias pedem vinhos mais frutados, outros são melhores para degustar vinhos mais minerais. É possível customizar o calendário para qualquer fuso horário do mundo.

Disponível apenas na App Store, When Wine Tastes Best é freemium, ou seja, é gratuito, mas possui com uma versão paga com mais informações, como a possibilidade de ver as previsões para o futuro. Quer dar uma olhada mais completa no aplicativo? Clique aqui.

É novo no assunto e quer entender melhor sobre os vinhos biodinâmicos? Confira nossa matéria que mostra as diferenças entre os vinhos naturais, orgânicos e biodinâmicos aqui.

6. Riedel

Desenvolvido pela Riedel, marca austríaca que faz as melhores taças de vinho do mundo, o aplicativo disponibiliza um guia das taças mais indicadas para otimizar a sua degustação. Dependendo do estilo do vinho, a taça projeta a bebida para o fundo da boca, para as laterais ou até mesmo para a ponta da língua. O app disponibiliza também outras funções, como um guia de taças para cervejas e vídeos explicativos sobre a influência das taças na experimentação de uma bebida.

O aplicativo é gratuito e está disponível na App Store e na Play Store e só possui a versão em língua inglesa. Caso queira saber mais ou baixar o aplicativo, clique aqui.

7. Wine Spectator WineRatings+

É o aplicativo oficial do guia de pontuação Wine Spectator. Gratuito por 30 dias, ele dá acesso a mais de 300 mil notas de degustação da revista WS. Além disso, também é possível ver a lista com o ranking 100 vinhos do ano da instituição e inúmeros vídeos institucionais, entrevistas e degustações promovidas por ela. O usuário também pode montar a sua própria carta de vinhos pessoal, com suas escolhas favoritas.

Disponível em inglês na App Store para iPhone e iPad. Saiba mais sobre o aplicativo clicando aqui.

Conhece algum outro aplicativo sobre vinho que não citamos aqui? Compartilhe conosco nos comentários e adicionaremos sua sugestão em nossa lista!

Escolhendo o vinho certo: Safras históricas da última década

Quanto mais velho o vinho, melhor? É aí que você se engana… Essa regra vale para apenas 5% de todos os vinhos produzidos por safra (acredite, 95% deles devem ser consumidos no ano seguinte à colheita!). E é justamente sobre isso que vamos falar hoje: como identificar vinhos destinados a longa guarda e colecioná-los por décadas na adega

shutterstock_357282872

Quando a safra importa?

Você já deve ter ouvido falar na histórica safra de 2010 para Bordeaux (e os disputados vinhos que nasceram naquele ano!). Isso porque trata-se de uma região com condições climáticas extremas – em alguns anos, é muito seco; em outros, a temperatura sobre muito além do esperado; em alguns, ainda, pode chover bastante perto da época da colheita… Mas não 2010.

A safra começou com um inverno que registrava temperaturas muito abaixo da média – fazendo com que os produtores já começassem a se preocupar. Mas isso começou a mudar com a chegada da primavera e, principalmente, do verão – fase de amadurecimento das uvas. Além das temperaturas ideais (calor moderado de dia, frio de noite), que garantiram vinhos com boa acidez e frescor, a safra contou com muitas horas de iluminação solar, que ajudou na concentração de aromas e sabores, além da maturação dos taninos. Além disso, a falta de chuva na fase final de maturação causou stress hídrico ideal nas videiras.

Com essas condições, foram colheitas ao final da safra uvas com qualidade para produzir vinhos com bastante corpo, acidez e taninos, fatores fundamentais para guarda do vinho. Isso sem falar na complexidade aromática!

As melhores safras

França

Bordeaux

Saint Julien, Pauillac e Sint Estèphe: 2009 e 2010

Margaux: 2005 e 2009

Graves: 2005, 2009 e 2010

Pomerol: 2008 e 2009

Saint-Émilion: 2005, 2008, 2009 e 2010

Barsac/Sauternes: 2005 e 2009

 

Borgonha

Côte de Nuits: 2005 e 2010

Côte de Beaune: 2005

 

Champagne: 2004

shutterstock_95902636

Rhône

Hermitage: 2003, 2009 e 2010

Châteauneuf-du-Pape: 2007 e 2011

 

Itália

Piemonte

Barbaresco: 2007

Barolo: 2004, 2006, 2007 e 2010

 

Toscana

Brunello di Montalcino: 2006, 2007 e 2010

Chianti Classico: 2006 e 2010

Bolgheri: 2004, 2006 e 2009

 

Espanha

Ribera del Duero: 2004, 2009 e 2010

Rioja: 2004 e 2010

 

Estados Unidos

Califórnia: 2007, 2012 e 2013

 

Austrália

Vale do Barossa: 2005 e 2010

 

Argentina

Mendoza: 2006, 2011 e 2013

 

Chile

Vale do Maipo, Vale do Colchagua e Vale de Casablanca: 2011 e 2013


Por Gustavo Jazra